nada simples, mas nunca impossível

Ask me anything   vivo no mundo das idéias, onde tudo é perfeito e eterno diferente desse mundo real, finito e imperfeito, cópia mal-acabada do meu mundo ideal..

twitter.com/danienunes:

    Pedalada do dia concluída com êxito 🚲👌 (at Dani’s Apartment )

    Pedalada do dia concluída com êxito 🚲👌 (at Dani’s Apartment )

    — 13 hours ago
    Faltou vc aqui ontem @ana_0103 😘

    Faltou vc aqui ontem @ana_0103 😘

    — 16 hours ago
    #abasin #motoristaparticular  #brasileiragem #parceria #manos #tudocomecoucomumabearhouse 🐻 (at I70 West)

    #abasin #motoristaparticular #brasileiragem #parceria #manos #tudocomecoucomumabearhouse 🐻 (at I70 West)

    — 16 hours ago
    #tudocomecoucomumabearhouse  #manos  #abasin  #motoristaparticular  #parceria  #brasileiragem 
    "Depois de tantas buscas, encontros, desencontros, acho que a minha mais sincera intenção é me sentir confortável, o máximo que eu puder, estando na minha própria pele. É me sentir confortável, mesmo acessando, vez ou outra, lugares da memória que eu adoraria inacessíveis, tristezas que não cicatrizaram, padrões que eu ainda não soube transformar, embora continue me empenhando para conseguir.
    Ana Jácomo"
    — 19 hours ago
    "Ninguém tem ideia de como essas pessoas sofrem. Sofrem pela dor física, mas sofrem ainda mais pela esperança de que um dia algo vai se recuperar. E isso não acontece. São solitárias. Absurdamente sozinhas. Loucamente desamparadas. Perdem a paciência e a tolerância de quem poderia salvá-las. Elas se isolam dos amigos, pois não têm mais coragem de disfarçar as histórias. Elas se distanciam dos familiares porque nenhum parente admitiria a hipótese sequer de um insulto. Morrem socialmente: enterradas vivas em suas próprias residências. Apesar do calor excessivo, não podem usar vestidos e mangas curtas para não ostentar as feridas e os inchaços. Acordam de óculos escuros para se encarar no espelho. Elas mentem. Mentem pelo medo de não ter outra chance de ser feliz.. Dedicam suas horas a zelar por uma farsa, a proteger um conto de fadas que existe na aparência, tentando salvar tudo a qualquer custo. Festejam as semanas sadias como milagres. Saúdam os momentos calmos como férias. Esmolam olhares de ternura para compensar o inferno. Eu entendo. Entendo, e dói entender. É uma espiral de constrangimentos, que abole as defesas, que apaga a personalidade, que anula o temperamento. São frágeis, quebradiças, carentes. Atravessam um domingo inteiro procurando uma desculpa para continuar. São as únicas que não enxergam que terminou o relacionamento, que não há jeito de recuperar o respeito. Não são apenas cegas de amor, porém também surdas e mudas. O amor roubou todos os sentidos, todo o sentido de suas vidas."
    Fabrício Carpinejar (via t-a-q-u-i-c-a-r-d-i-a)
    — 1 day ago with 1505 notes
    "Espero alguém que não tenha medo do escândalo, mas tenha medo da indiferença. Espero alguém que ponha bilhetinhos dentro daqueles livros que vou ler até o fim. Espero alguém que nunca abandone a conversa quando não sei mais falar. Espero alguém que, nos jantares entre os amigos, dispute comigo para contar primeiro como nos conhecemos. Espero alguém que prove que amar não é contrato, que o amor não termina com nossos erros. Espero alguém que não se irrite com a minha ansiedade. Espero alguém que arrume ingressos de teatro de repente, que me sequestre ao cinema, que cheire meu corpo suado como se ainda fosse perfume. Espero alguém que não largue as mãos dadas nem para coçar o rosto. Espero alguém que me olhe demoradamente quando estou distraído, que me telefone para narrar como foi seu dia. Espero alguém que procure um espaço acolchoado em meu peito. Espero alguém que leia uma notícia, veja que haverá um show de minha banda predileta, e corra para me adiantar por e-mail. Espero alguém que fique me chamando para dormir, que fique me chamando para despertar, que não precise me chamar para amar. Espero alguém com uma vocação pela metade, uma frustração antiga, um desejo de ser algo que não se cumpriu, uma melancolia discreta, para nunca ser prepotente. Espero alguém que comente sua dor com respeito e ouça minha dor com interesse. Espero alguém que pinte o muro onde passo, que não se perturbe com o que as pessoas pensam a nosso respeito. Espero alguém que vire cínico no desespero e doce na tristeza. Espero alguém que curta o domingo em casa, acordar tarde e andar de chinelos, e que me pergunte o tempo antes de olhar para as janelas."
    Fabrício Carpinejar. (via momentos-so-meus)

    (via momentos-so-meus)

    — 1 day ago with 4359 notes
    "Odeio quem diz que vai e depois retira a palavra. Quem sempre inventa um senão de última hora. Quem não banca seu desejo. Quem finge intensidade para soar romântico. Adiar não é esperança. Um sim pela metade é não. Respeito aquele que sofre de medo, jamais respeito aquele que aceita ser menor do que o medo. Respeito aquele que sofre de dúvida, jamais respeito aquele que coleciona incertezas. Na paixão, ou é ou não é. Não se negocia com a loucura."
    Fabrício Carpinejar (via thayyyyyyyyyyyy)
    — 1 day ago with 3379 notes
    "Tu pertences ao pequeno número de mulheres que ainda sabem amar, sentir, e pensar. Como te não amaria eu? Além disso tens para mim um dote que realça os mais: sofreste. É minha ambição dizer à tua grande alma desanimada: levanta-te, crê e ama: aqui está uma alma que te compreende e te ama também. A responsabilidade de fazer-te feliz é decerto melindrosa; mas eu aceito-a com alegria, e estou certo que saberei desempenhar este agradável encargo. Olha, querida; também eu tenho pressentimento acerca da minha felicidade; mas que é isto senão o justo receio de quem não foi ainda completamente feliz? Obrigado pela flor que mandaste; dei-lhe dois beijos como se fosse a ti mesma, pois que apesar de seca e sem perfume, trouxe-me ela um pouco de tua alma. Sábado é o dia da minha ida; faltam poucos dias e está tão longe! Mas que fazer? A resignação é necessária para quem está à porta do paraíso; não afrontemos o destino que é tão bom conosco. (…) Depois… depois, querida, queimaremos o mundo, porque só é verdadeiramente senhor do mundo quem está acima das suas glórias fofas e das suas ambições estéreis. Estamos ambos neste caso; amamo-nos; e eu vivo e morro por ti."
    Machado de Assis.  (via animicida)

    (Source: recomendar, via animicida)

    — 1 day ago with 2274 notes
    "E, fatalmente, vão se cruzar por aí. São tantas as esquinas. Vocês vão beber um café quente juntos, falar amenidades, sobre novos cortes de cabelo, você está bonita, e você mais maduro, como está sua mãe e tudo mais. Nos momentos de silêncio, baixarão o queixo, com medo de amarrar olhares e, talvez, voltar tudo aquilo outra vez. Mas vai ser só isso."
    Gabito Nunes.   (via animicida)

    (Source: ga-bi-to, via animicida)

    — 1 day ago with 11008 notes
    "Mas lembre-se quando quiser ir: eu te amo. Talvez não seja o suficiente para você, mas tudo o que tenho é seu. Se você quiser alguém para amar, pensa em mim com carinho. Por favor. Não me mate, eu não mereço isto."
    Os porquês de Amélia Roswell.  (via animicida)

    (via animicida)

    — 1 day ago with 750 notes
    "É muito difícil ir embora – até você ir embora de fato. E então, ir embora se torna simplesmente a coisa mais fácil do mundo."
    Cidades de Papel.  (via animicida)

    (Source: sociedadedospoetasmortos.com, via animicida)

    — 1 day ago with 6650 notes
    "Mas é estranho, as melhores pessoas hoje em dia se encontram em suas casas com os seus corações partidos."
    Os porquês de Amélia Roswell.  (via animicida)

    (via animicida)

    — 1 day ago with 5121 notes
    "É uma noite longa pra uma vida curta, mas já não me importa basta poder te ajudar. E são tantas marcas que já fazem parte, do que sou agora mas ainda sei me virar. Tô na lanterna dos afogados. Tô te esperando vê se não vai demorar."
    Lanterna dos Afogados.   (via animicida)

    (Source: SEPULTOS, via animicida)

    — 1 day ago with 13525 notes
    "Se quer saber minha opinião, nunca é tarde demais ou, cedo demais pra ser quem quiser ser. Não há limite de tempo. Comece quando você quiser. Você pode mudar ou ficar como está. Não há regras pra esse tipo de coisa. Podemos encarar a vida de forma positiva ou negativa. Espero que você encare de forma positiva. Espero que veja coisas que surpreendam você. Espero que sinta coisas que nunca sentiu antes. Espero que conheça pessoas com um ponto de vista diferente. Espero que tenha uma vida na qual se orgulhe, e se você descobrir que não tem… Espero que tenha forças pra conseguir começar novamente."
    Benjamim Button. (via animicida)

    (Source: enttreaspas, via animicida)

    — 1 day ago with 70394 notes
    "Eu continuo sem saber que maravilha a vida poderia me reservar se eu não me protegesse tanto. Eu continuo sem ter a menor ideia de como se ama ou se é amada. Eu continuo acordando sozinha pra caralho."
    Tati Bernardi.  (via animicida)

    (Source: baby-im-just-bad-news, via animicida)

    — 1 day ago with 2448 notes